Permita-se sentir para ter bons resultados.

Permita-se sentir para ter bons resultados.

 

Os negócios são, cada vez mais, o reflexo da vida das pessoas. O telefone conecta o trabalho à casa e todos precisam pensar que uma mudança de comportamento pode ter muita eficácia na maneira como você ganha dinheiro e se coloca no mercado de trabalho.

Mas você não é apenas a sua pessoa jurídica. Nem apenas a pessoa física. Por isso a falta de resultados ainda está no fato de pequenos, médios ou até grandes empreendedores não separarem a pessoa física da pessoa jurídica.

 

Uma das facetas mais gratificantes do meu trabalho é, justamente, mostrar às pessoas como elas podem continuar evoluindo em seus negócios e no alcance de suas metas pessoais. É verdade que você precisa investir em você.

O conceito da inteligência emocional já foi muito falado, mas quanto mais ‘online’ a gente vive, mais precisamos nos conectar com o que é, muitas vezes, analógico por natureza: os sentimentos e o que eles fazem no cotidiano.?

Entender as próprias emoções permite que você possa administrá-las de uma maneira produtiva para você e focar nas tarefas cotidianas com o mesmo empenho de quem vai sair de férias. Arruma-se calmamente as malas, prepara-se a bagagem, arruma-se a casa para deixá-la por um período, programa-se o local para o qual se deseja ir. Lá, nas férias, você curte o período de lazer.

Por isso a inteligência emocional é mesmo importante. Lá em 96, o autor Daniel Goleman publicou o famoso best seller em que investiga e mapeia esse conceito, que diz que há cinco áreas em que essas habilidades de inteligência se mostram:

No autoconhecimento emocional, que permite nomear o sentimento enquanto ele está ocorrendo.

No controle emocional, que é lidar e conseguir adequar os sentimentos para a situação que está sendo vivida.

Na automotivação, que é dirigir suas emoções para um objetivo e, por isso, manter-se na busca.

Em reconhecer as emoções em outras pessoas.

E em nutrir relacionamentos interpessoais.

Desenvolvendo as capacidades e habilidades de inteligência emocional em si mesmo, você consegue lidar melhor com estresse ou pressões que interferem no caminho até seu objetivo. Por isso você deve sentir e aprender enquanto reconhece os limites e conquistas de cada etapa envolvida em sua experiência de evolução: nos negócios e na vida. E você deve buscar aprender com cada experiência. Seu negócio é separado de você, mas também é parte do que te desenvolve como profissional.

Outro conceito importante a pensar é o mindset. Apesar de a palavra em inglês ser disseminada, o que ela quer dizer – ideia mental – é que precisa estar claro para você.
Construir uma visão de vida, olhar o mundo sobre um prisma exige esforço. Para saber porque você toma cada decisão, busque conhecimento e prática. Aplique cada coisa que você aprende, melhorando processos que você já organizou, aprimorando resultados e medindo essas conquistas.

Com treinamento e prática, cada lição vai ajudando a construir o seu jeito de empreender e, ao longo do tempo, você vai traçando uma trajetória de sucesso. Busque conhecimento, orientação e técnica. Coloque a ‘mão na massa’ e vá acompanhando seu processo.

Se você precisa de ajuda me envie uma mensagem que eu posso te ajudar.

Débora Avelino – contato@deboraavelino.com.br

Comments

  1. Vitor Hugo

    Excelente assunto e ensinamentos transmitidos.
    Obrigado , Professora Débora.

Add A Comment